3D mania e um futuro DIY

A física clássica descreve o espaço em 3 dimensões: altura, largura e comprimento. Nosso olho enxerga bidimensionalmente, como temos dois olhos captamos a imagem por dois ângulos diferentes e, quando as imagens se juntam, temos a sensação de profundidade. Para isso os olhos devem trabalhar juntos, se não nada de 3d. É o que ocorre em 4 a 10% da população, ocorrendo principalmente em quem tem estrabismo ou ambliopia (olho vago).

Em fotografias e desenhos as imagens são bidimensionais. Entretanto podemos “enganar” o cérebro (coisa não tão difícil) a ver profundidade onde não existe.
Como? Em filmes está “na moda”  fazer da mesma forma que acontece com nossos olhos: duas imagens da mesma coisa com ângulos diferentes que devem ser vistas com óculos especiais, onde cada lente permite que o olho capte apenas um dos ângulos da imagem e o cérebro faz a junção das duas imagens dando a sensação de profundidade.
Pode-se também utilizar de técnicas de sombras e luzes e perspectiva. Por exemplo, sabemos que objetos mais distantes parecem menores. Se em um desenho ou fotografia é utilizada a perspectiva, temos sensação de estar vendo os objetos menores mais distante que os maiores.

Os desenhos 3d são aqueles que utilizam as técnicas de “enganar” o cérebro dando sensação e profundidade onde não existe. Como os desenhos a seguir:
Desenhos 3D incríveis 05
Desenhos 3D incríveis 06
Desenhos 3D incríveis 11
daqui
Beever desenhando uma garrafa de coca-cola
escadacachoeiravb0globedaqui

Perceba a forte presença de sombras. Todas essas imagens só ficam assim quando vistas do ângulo certo, ficando distorcidas se vistas de cima, por exemplo.
Quando tiver com minha câmera mostro um DIY de como começar a fazer desenhos desse tipo e a foto do meu segundo desenho utilizando essa técnica.
Espero que gostem ^^