Carnaval chegando…

Tá certo que hoje carnaval tá bem diferente, mas ainda tem aquele sentido mais a fundo que continua igualzinho. Carnaval, do latim Carnis Valles, significa prazeres da carne (então dá p/ ver bem que a “pegação” toda não é de agora).

A festa começou em 600 aec como cultos de agradecimento aos deuses da fertilidade.
Na Roma antiga os dias do carnaval eram para festejar Baco (equivalente ao Dionísio grego) , deus do vinho e do delírio místico. Nesses bacanais o ápice de perfeição era não deixar-se reprimir pela moral. Ou seja, hoje é dia de orgia, bebê.

No Sec. XI, depois de considerar festa pagã durante muito tempo, a ICAR resolve então inserir o carnaval ao seu calendário, logo antes da Quaresma, que começa na quarta-feira de cinzas. Tipo: SE JOOOGA BEEE que os próximos quarenta dias serão de penitência!!

Lá pelo sec. XVII, em Veneza, os nobres nessa data saiam pelas ruas mascarados para se misturarem ao povo. Pq será, hein? hmmm

Era (e é até hoje)  uma festa onde as pessoas podiam se libertar, uma válvula de escape, onde podiam fazer coisas que, em dias normais, seriam rotulados de loucos e ainda fazer tudo isso de forma que não fossem reconhecidos,com uso de máscaras e fantasias. Não por acaso folião vem de folie, francês, que significa loucura. Então, junta a loucura com os prazeres da carne e no que dá? Mais uma prova de que a libertinagem carnavalesca não é nada tão recente assim.

Dos personagens de carnaval, talvez os mais conhecidos sejam Pierrot, Colombina e Arlequim (um triângulo amoroso,hmmm), personagens da Commedia dell’Arte, uma espécie de teatro de improviso surgido na Itália no sec. XV e depois na França.
O Pierrot apaixonado chora pelo amor da Colombina

Agora, vindo mais para a atualidade, tem poucas festas à fantasia…agora o povo num tem mais aquela coisa de manter a identidade secreta p/ sair na libertinagem, neah? Só cuidado p/ num ficar famoso na internet, pq, ao contrário das épocas antigas, hoje tem câmeras filmadoras e fotográficas p/ deixar sua carinha (esperemos que só a cara rs) bem exposta p/ todo mundo.

Então, aproveitem, p/ os que não gostam, que tal ler algo, ouvir a discografia toda da banda preferida ou ficar perto de gente que goste? é bão e principalmente esse último é o que vou fazer. Para  meninas que vão p/ alguma festa, parem com essa busca pela altura perdida e vão de tênis, melhor que ficar à décadence.
P/ finalizar o “rascunho” (amostra) do que será minha fantasia de carnaval, BlackSwan inspired: