Dia do Rock!

Hey povo!
Para quem ainda nao sabe, hoje é dia do rock!
Entao, o post hoje e sobre a historia do rock. Não sei vocês mas o rock sempre me acompanha. A primeira banda de rock que lembro de ter ouvido foram os Mamonas Assassinas, desde então nao mais larguei o estilo.
Vou separar por tópicos para facilitar a leitura e deixarei uma dica de música de cada época.

Raízes do estilo-
O rock tem suas raízes no Blues (“triste” “melancólico”), que é a fusão da música negra e a europeia; o Rythm And Blues, vertente negra do rock e a principal influência, era a  válvula de escape dos pensamentos, protestos e indignação frente à opressão usando a melodia e a dança ao invés dos meios mais comuns (que não lhes era permitido); e o country, música da zona rural estadunidense que, da mesma forma que o blues, transmite os apelos e o sofrimento de um grupo, no caso os brancos camponeses.

Contexto Histórico-
O rock nasce na época do pós-guerra como um grito de protesto do povo marginalizado em meio à “geração silenciosa” dos EUA. Os jovens, que começavam aos poucos a serem o foco do mercado, foram os principais contagiados pelo novo e estranho ritmo. Era um movimento de contracultura que questionava os valores transmitidos na época. Os mais velhos e tradicionais não gostavam nada disso.
Anos 50-

No início era apenas uma modinha que fazia os jovens dançarem em festas mas rapidamente se transformou em muito mais que um estilo musical, é também um estilo de vida, um comportamento, retrato do espírito de cada época.
Bill Halley atrai jovens com o ritmo dançante e serve de inspiração para futuros artistas. Porém foi com Elvis Presley que o rock’n’roll se consolidou. Ele representava a jovialidade, a rebeldia e a sexualidade para os jovens da década.

Outros nomes conhecidos são no country rock e classic rock Jerry Lee Lewis, Johnny Cash, Bob Luman Chuck Berry, Bo Diddley, Carl Perkins; no rockabilly Gene Vincent, Eddie Cochran, Johnny Burnette e Dorsey Burnette.

Anos 60-

O rock passou a fazer parte do cotidiano inclusive dos mais velhos. Não era mais visto como a estranha manifestação de um grupo minoritário e as vertentes se multiplicavam.
Houve intensa comercialização da música pois atingia principalmente os jovens que eram nessa época de prosperidade afoitos consumidores.
Surge nos EUA Bob Dylan com o Folk. Sua música também se encaixava no “música de protesto”. Violão, voz e gaita faziam a composição simples que dava mais atenção à poesia contida na letra. Era comparado ao personagem do livro “O apanhador no campo de centeio”.
Jovens estadunidenses, entretanto, andavam em descrédito por conta da  Guerra do Vietnã. Nesse cenário começa a brotar a contracultura Hippie, com o slogan Paz e amor e o flower power buscando um utópico “novo mundo” onde haveria a comunhão entre seres humanos e natureza e sem repressões (promessa que nem eles mesmos podiam cumprir, diga-se).
O rock psicodélico aparece representado por vozes como Janis Joplin, de imensa influência negra; Jimi Hendrix, um doa melhores guitarristas da história do Rock; e The Doors, com Jim Morrison e suas canções que tentavam reproduzir o efeito das drogas alucinógenas que provocam a alteração e mistura dos sentidos. O rock psicodélico ou Acid Rock tem profunda relação com as drogas e o estilo foi marcado pela morte dos seus maiores representantes todos aos 27 anos.
Enquanto isso surge na Inglaterra aquele que viria a ser considerado um dos maiores grupos de Rock do mundo: The Beatles. Na mesma época surgiram os Rolling Stones e o The Who (que representava os Mods que já falei aqui).
Os Stones em 68 voltaram-se para a política com a música Street Fighting Man, que se tornou hino da revolução. Revolution dos Beatles foi lançada na mesma época e ambas são reflexo das manifestações que ocorreram na época, a principal delas em maio de 68.
The Who também é destaque com a Opera Rock Tommy, que faz alusão à alienação da sociedade da época. A banda ficou conhecida pelaperformance nos palcos. Estão entre as primeiras bandas a fazer uma espécie de “ritual” com a destruição de instrumentos no palco. O ritual foi aprovado pelos fãs e se tornou comum em apresentações de outras bandas sendo usado como forma de comunicação.
Surge também nessa época uma nova proposta de rock: o Rock Progressivo, representado principalmente pelo Pink Floyd. Mistura-se ao rock músicas eruditas, folclóricas e também o jazz e o blues.

Anos 70-

O Hard Rock surge combinando o rock com clássicos como o jazz. As bandas que deram início ao estilo foram Led Zeppelin, Black Sabbath e Deep Purple (consideradas heavy metal). Outras bandas pertencentes ao estilo são
O Heavy Metal surge também da influência da tríade Led Zeppelin, Black Sabbath e Deep Purple. Provavelmente foi também inspirado no Acid Rock e influenciaram bandas posteriores com suas guitarras distorcidas, guturais e som pesado.
Paralelo à assenção do Metal está o Glam Rock, que mistura o som pesado com glitter e tem forte presença da androginia.
Surgiu  também outro representante da contracultura: o Punk. Resultado do descontentamento dos jovens com a sociedade da época, os movimentos contra a corrida nuclear (lembram da história do símbolo da paz?), contra a guerra do Vietnã e o desemprego serviram de combustível para esse estilo. O filme Laranja Mecânica de Kubrick  retratava a onda de violência gratuita que tomava conta das ruas  inglesas e estadunidenses e provavelmente influenciou no vestuário punk.
Na Inglaterra surgia a chama anarquista do rock com o Sex Pistols e The Clash.

Anos 80-

Época em que o Pop está em alta com Michael Jackson com o álbum Thriller e Madonna com o clipe de Like a Virgin. No rock a New Wave faz a junção do Pop com a performance nos palcos e crítica à sociedade típicos do Punk.
O Heavy Metal alcança o auge de sucesso e deixa de ser apenas mais uma ramificação do rock surgindo dele as vertentes  Black metal, Thrash metal e Death metal.
Outra variante do punk surge, porém mais barulhenta e pesada: o Hard Core, também chamado de Anarco-punk.
No Brasil já haviam aparecido em outras épocas  Raul Seixas, Mutantes, Made In Brazil, Patrulha do Espaço, Secos e Molhados, Casa das Máquinas, O Terço mas nos anos 80 que o Rock brasileiro teve seu máximo com  Legião Urbana, Ultraje à Rigor, Titãs, Os Paralamas do Sucesso, Barão Vermelho, Ira!, Lobão, Engenheiros do Hawaii, Camisa de Vênus, Capital Inicial, Blitz, Lulu Santos e Kid Abelha.

Anos 90-

O movimento Hard Core entra em decadência entretanto deixa um “filho”:o grunge. A representação principal  fica por conta do Nirvana. O Pearl Jam, também grunge, está ativo até hoje.

O britpop dá foco à Inglaterra, o grupo Oasis foi o desencadeador e principal representante do estilo. Derivado do Britpop, o rock alternativo ou indie também chamou atenção nos anos 90. Com elementos de música eletrônica foi considerado o “novo rock”. Possui bandas que fazem sucesso até os tempos atuais como Radiohead, Pixies, The Strokes, White Stripes, Coldplay, Travis e Belle & Sebastian.

O metal melódico, juntamente com o New Metal, são as variantes do heavy metal que surgem nos anos 90. O metal melódico é muito influenciado por música erudita e frequentemente possui temas vindos da literatura, medievais, fantasiosos, por vezes também políticos ou religiosos. Algumas bandas que representam o estilo são Angra, Stratovarius, Nightwish, Dream Theater, Blind Guardian, Rhapsody e Evanescence.
O New metal ou Nu Metal é como uma fusão do grunge, metal alternativo, hiphop/rap e outras vertentes do heavy metal também tido como uma extrapolação do Funk Metal. As bandas mais conhecidas são Korn, Static-x, Limp Bizkit, Adema e Slipknot.
Também apareceu o poppy punk com Green Day, Blink-182, NOFX e Offspring, que muitas vezes falam sobre a vida adolescente e misturam um pouco de grunge e punk.

2000

O Pop novamente domina as paradas. Há a impressão de que não apareceu muita coisa no cenário do rock e que o estilo está em decadência. Entretanto não pode-se esquecer que é nessa década que surgem bandas como  The Vines, Yeah Yeah Yeahs, Interpol, Libertines, Fall Out Boys, Franz Ferdinand, Kaizer Chiefs, The Rakes, Bloc Party, Test Icicles, Arctic Monkeys e The Rapture. No Brasil temos o Forfun e Pitty (que começou em 95 mas o sucesso veio com o álbum Admirável Chip Novo, em 2003).

Anos 10 séc. XXI
Eis a questão. Tirando algumas bandas e cantores mais desconhecidos no Youtube, eu ainda não salvei ninguém que fez sucesso desde o final da década passada e começo dos anos 10.

E como o rock e suas vertentes estão também ligadas ao visual, deixo aqui algumas inspirações para hoje!

let's rock
Quem curte  rock aí? qual estilo preferido?
Tenham um feliz dia do Rock!

[ainda estou viajando, os comentários estão todos moderados e ainda não foram respondidos, desculpem.]

Beijos, Jheh
=*
Já curtiu o Nome é para Fracos no FaceBook?? ainda não? curta já =D
E follow, follow, follow! @nomeeparafracos

About these ads