Sobre it blogueiras de moda

O título poderia ser também: Coisas que eu gostaria que toda blogueira de moda soubesse.

Hey povo! como o post de hoje é grandinho, dividi em pequenas partes com subtítulos para facilitar a leitura. Recomendo MUITO que tirem um tempo para ler!

Nos últimos dias tenho olhado com atenção blogs novos (assim como o meu) e também prestado atenção àqueles blogs mais famosos sobre moda. Sim, os it blogs, com it blogueiras, em it eventos, usando it tendências de it marcas, fazendo it viagens. Perceba que repeti it tantas vezes não pelo sentido que é dado, mas para mostrar o cansaço que esses blogs me trazem. Fiz umas considerações sobre o que me irrita na blogosfera:

Publicidade explícita implícita

propaganda
É tudo muito igual! “meu look do dia (publicidade)” “dica de amiga (publicidade)” “viagem para não sei onde (publicidade)” “desejos do dia (publicidade)” “não vivo sem (publicidade)”… Eu vou dizer aqui, isso é muito chato! Já que não é para ter um conteúdo bom de moda, que pelo menos seja sincero nas opiniões!
Sim, porque é chamar as leitoras de idiotas (e algumas realmente parecem se ver assim também) fazer publicidade em quase todos os posts e fazer de conta que aquela marca deslocada apareceu ali do nada e virou amor eterno. Aham
Sejam no mínimo verdadeiras e avisem que 90% do conteúdo do blog é pago e não traduz suas opiniões pessoais. Simples. Ah, não é simples. Deixando claro as leitoras vão perceber, e não é isso que querem, não é? Se fosse para ver essas opiniões tendenciosas as leitoras comprariam revistas…
Sem contar certas parcerias. Por exemplo: quantas adolescentes que vivem de mesada vão ter dinheiro para comprar a bota de R$800 anunciada num blog onde essas adolescentes são o público alvo? “que se danem se não podem comprar, o que importa é que eu ganhei o meu jabá”  não é verdade?

Dicas inúteis
Existe diferença entre dar uma dica que, apesar de ser relativamente conhecida, há probabilidade do seu público alvo ainda não ter tido acesso e dar dicas que todos já estão carecas de saber. E existe diferença no tom que se escreve sobre uma novidade e sobre algo já comum, mas que pode ajudar.
Falar de não lavar o cabelo com água quente ou para cortar as pontas regularmente como se fosse a descoberta do século é querer ouvir um: “ah, jura? salvou minha vida!”

Mais do mesmo Look do dia
boring
Bem, o problema não é com mostrar as roupas e sim com a forma que fazem. Se já mostrou tudo, para que raios serve postar  as outras 328949237483 fotos tiradas da mesma roupa? Se for num passeio interessante ou num lugar bonito, ok, mas quando eu vejo é quase sempre em um lugar sem importância alguma. Cansa ver as poses ridículas que as pessoas fazem quando não têm mais pose para fazer mas não querem por nada parar de tirar fotos.

Tortura ortográfica
tumblr voltapraescolablogueirademoda
[daqui]

Que mal a gramática fez? Onde essas pessoas estavam nas aulas de Português?
Muitas que vejo já têm alguma formação, então qual a justificativa para escrever errado? Eu sei que algumas vezes é erro de digitação, ou a pessoa passa por cima da concordância sem perceber (se verem algo assim comigo, podem avisar). Mas tem certos erros que não são aceitáveis. Por exemplo, ver alguém tendo uma converça, usando scarpan beje Lou Boutan,  vestindo saia de libélolas, foleando uma revista, com óculos Ray Ban da Chilli Beans (sim, já vi isso). Sentiu o drama?
A maioria das formações que vejo são em direito e jornalismo, penso que deve-se ler e escrever muito durante a graduação nestes cursos, então, pela mãe do guarda, em que ano da graduação a gramática morreu? Explica!

Descaso com leitores
Lembrem-se todos: blog depende de leitores. Pode ser o melhor do mundo, sem leitores ele não existe. Então, ser mal educado, ser grosseiro, ser irritante, fazer pouco caso, agir como se os leitores não raciocinassem, tudo isso afasta as pessoas.
Estava lendo no Blog da Shame uma coisa que nem tinha visto: uma promoção onde você, leitora  que realmente usa a marca, vota no look de alguma blogueira, que nem deve entrar na loja;  você possivelmente ganha um vale brinde (pq, né?) de R$100 enquanto a bonita que ganha a “batalha” viaja às custas das leitoras que mal percebem que foram usadas, e continuam amando muito tudo isso.

Vida dos sonhos
ricas
Quando vejo alguns blogs eu lembro da reacção que tive quando vi o anúncio de um reality show com mulheres ricas: WTF?
Mas nisso eu não estou falando somente das realmente ricas que querem ostentar, mas também daquelas que querem parecer ricas. Então imaginem o tanto de bolsas falsificadas, cartões de crédito estourados, sapatos emprestados maiores ou menores que o pé, roupas de liquidação ganhando preços absurdos, acessórios velhos ganhando nome de clássicos… pseudo realidades, pseudo atividades, pseudo passeios com pseudo amigos…
Você foi chamada para ir a um evento legal? aproveita para conversar e conhecer pessoas! esse estrelismo injustificado que algumas demonstram é ridículo. Menos, blogueira, bem menos.

Vida dos sonhos II
child
Só eu acho estranho pessoas de 25 agindo como se tivessem 12? Aquela coisa de “sou personagem de um mundo lindo-meigo-vintage-rosa-pastel”. EU acho forçado. Porque até a Barbie tinha profissão (as da minha infância eram todas mães solteiras pois nem eu nem minhas amigas tinhamos o Ken), até a Summer (500 days of Summer) trabalhava e até a Amélie Poulain tinha suas dúvidas e dificuldades.
Ninguém é obrigado a inaugurar a tag “contas do dia”, mas um pouquinho de realidade (ou um pouquinho de verdade) não faz mal a ninguém.
Falta de habilidades sociais
seguindo segue de volta
Essa é para novas blogueiras: é irritante e chato receber um “seguindo, segue de volta?”. Já mandei uns para pessoas que vi fazendo isso, acho que não repararam o quanto é chato.
Vou pelo pensamento: de que adianta 109281098297 pessoas seguindo se nem 10 dessas pararam para ler uma frase do blog? Quanto mais vejo isso mais percebo que, principalmente no Blogspot, seguidores muitas vezes são apenas números, ou então viram aqueles comentadores copia e cola: você escreve sobre sua faculdade/escola: “lindo! amei! visita?” você escreve sobre sua roupa nova: “lindo! amei! visita?”  você escreve sobre seu primo que nasceu: “lindo! amei! visita?” você escreve sobre o celular que quebrou: “lindo! amei! visita?”  escreve que terminou com o namorado: “lindo! amei! visita?”.
Se você quer gente legal no seu blog seja legal no blog destas pessoas.

Muro das Lamentações/mamãe virei poeta
Eu sei que o blog é da pessoa e esta faz o que quiser com ele, mas penso o seguinte: se você realmente “tem talento” para escrever, faça! Se não tem e está fazendo isso só por ser bonitinho/cool/cult, não faça. Fica ridículo. O que era para ser um texto bonito vira muro das lamentações, ou somente um monte de palavras de efeito colocadas para embelezar conteúdo nenhum. Quer desabafar? ótimo! mas lembremos: desabafar é diferente de fazer contos e crônicas
Escrever não é fácil e não nasce com a pessoa, portanto não subestime o trabalho de verdadeiros escritores (mesmo os anônimos) se intitulando dessa forma só por escrever desabafos ou se lamentar no blog.
acesso internet
Falsas Profissões
gente que faz um layout e desenha no Photoscape se dizendo web designer; gente que compra uma câmera e se intitula fotógrafo profissional; gente que acabou de comprar a primeira palette de maquiagem e se diz maquiador; gente que desenha casinha e roupinha sem o mínimo de habilidade e se diz arquiteto ou estilista; gente que nunca pegou num livro se dizendo “da ciência”; gente que dá conselhos inúteis no blog se achando psicólogo…
Fanatismo
Esse serve tanto para quem escreve quanto para quem lê. Mas vou falar somente para leitor@s: @ blogueir@ é alguém como você! com diferentes habilidades, diferentes conhecimentos, diferentes vivências, diferentes pontos de vista e opiniões e muitas vezes, diferente poder aquisitivo. E essa é a graça dos blogs, pessoas diferentes mostrando suas ideias e suas coisas para outros, trocando informações, concordando e discordando, se conhecendo, quebrando estereótipos, e o melhor, mostrando a vida nos mais diferentes lugares do mundo. Se é alguém como você, não há motivos para “babar ovo” de ninguém! Ter admiração, identificação, laço de amizade é diferente de ser fanático.

E vocês, o que acham desses assuntos?

Beijos, Jheh
=*
Já curtiu o Nome é para Fracos no FaceBook?? ainda não? curta já =D
E follow, follow, follow! @nomeeparafracos

About these ads